REFORMA TRABALHISTA

Intervalo Intrajornada:

  • A CLT previa um intervalo intrajornada, conhecido popularmente como pausa para o almoço, com duração de no mínimo uma hora.
     

  • Com o advento da reforma trabalhista, o trabalhador terá direito de optar, mediante acordo individual ou convenção coletiva, em usufruir de um intervalo mínimo para descanso ou alimentação de trinta minutos, podendo haver negociação pelo empregado e a empresa quanto à alteração do intervalo.
     

  • Nesse caso, a lei prevê que o tempo economizado no intervalo será descontado no final da jornada de trabalho, de modo a possibilitar que o empregado termine a sua jornada de trabalho mais cedo